O que você está procurando na
    cidade de Boa Vista-RR e região?

Obrigado! Sua solicitação foi entregue com sucesso!

Oops! Algo deu errado no envio da solicitação...

Obrigado! Sua solicitação foi entregue com sucesso!

Oops! Algo deu errado no envio da solicitação...

Cartão
anuncie
Assadão
Social
SG
anuncie2
Jornal
Publi_Cathedral
recomendados
Anúncio

title=

title=

Correio

Liga

anuncie

INFORMATIVO

Gostaria de Receber?

** Cupom Desconto **
*** Promoções ***
*** Novidades ***

do Guia Roraima em seu e-mail?

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form

NOTÍCIAS: Boa Vista-RR
Ministério Público volta a pedir afastamento de Jalser da presidência da Assembleia Legislativa
 
foto Notícia Boa Vista
 
13/09/2019 -

Uma nova ação por improbidade administrativa foi proposta pelo Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR) contra o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR), deputado Jalser Renier Padilha e outros 8 agentes públicos, na última quarta-feira (11, de setembro). Na mesma ação, o órgão voltou a pedir o afastamento de Jalser da presidência do Poder Legislativo e a indisponibilidade dos seus bens e dos demais acusados de participação no esquema de desvio de recursos desmontado na Assembleia, por meio das operações Cartas Marcadas e Royal Flush.


Foram arrolados na ação de improbidade administrativa contra Jalser as seguintes pessoas: Gerson da Silva de Melo, Maria Jaime Laranjeira Menezes, Marliane Rodrigues da Silva Brito, Niura Cardoso de Souza, Rafael Miranda de Albuquerque, Rafael Sampaio Rocha Lima, Rosinaldo Adolfo Bezerra da Silva (Naldo da Loteria), e Verona Sampaio Rocha Lima.


Os envolvidos são acusados de desviar dinheiro público da Assembleia, por meio de fraude em outro processo licitatório, o de nº 094/ALERR/2015, o qual a Assembleia Legislativa pagou à empresa Construtech Construtora Empreendimento LTDA, o valor de R$ 770.800,00 .


De acordo com a acusação do Ministério Público, a Assembleia Legislativa contratou a empresa Construtech para prestação do serviço de restabelecimento e reparo técnico com troca de cabeamento estruturado de fio flexível na Escola do Legislativo- Escolegis. O serviço, no entanto, nunca foi prestado.


Investigações constatam fraudes em processo licitatório


As investigações do Ministério Público constataram que o grupo agiu igualmente em outras licitações da casa legislativa. A dinâmica consistia na montagem em série de processos licitatórios, objetivando dar ares de legalidade aos desvios de recursos públicos do Poder Legislativo, ludibriando a fiscalização dos órgãos de controle.


“Em poucas palavras, pode-se resumir que não houve nenhuma licitação, modalidade tomada de preços, tampouco execução contratual, não passando o Processo Licitatório nº 094/ALE/2015 de um engodo criado para encobrir a subtração de recursos dos cofres da Assembleia Legislativa”, narra trecho da ação.


Conforme ficou constatado na investigação, não houve cotação de preços para contratação do serviço, havia documentos apócrifos como falta de assinaturas obrigatórias, além de falsificação de assinaturas, ausência de projeto básico e planilha de custos, e não publicação de edital de concorrência.


A empresa Construtech também não estava habilitada a realizar o serviço pelo qual foi contratada e não possuía nenhum empregado à época, de acordo com o sistema CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – do Ministério do Trabalho.


Novo pedido de afstamento de Jalser Renier


O Ministério Público do Estado já havia pedido o afastamento do deputado Jalser Renier da presidência da Assembleia em outra ação de improbidade proposta pelo MPRR, no último dia 23 de agosto. Segundo a ação, foi constatado que o grupo fraudou licitação e pagou à empresa de fachada Construtech, o valor de R$ 1.188.25 para prestação de serviço de consultoria e assessoria nas áreas administrativa e de logística dos programas CHAME e Escola do Legislativo (Escolegis), serviço que também nunca foi feito.


De acordo com o MPRR, grande parte desse valor foi pago em proveito do deputado Jalser Renier, que gastou o recurso para a construção do posto de gasolina em nome de sua esposa e para a construção/reforma de uma garagem e uma área de lazer na própria residência. O juiz acatou o pedido de indisponibilidade de bens dos acusados, mas não deferiu pelo afastamento de Jalser.


A nova petição de afastamento de Jalser da presidência do cargo diz que “é certo que o agente ímprobo que lança mão do dinheiro público em proveito próprio, causando enriquecimento ilícito, que frauda contratações, cobra “propina” e prejudica a sociedade, não se tolherá se tiver oportunidade de usar do poder de seu cargo para dar continuidade aos esquemas fraudulentos de licitação e desvio de verbas públicas, ainda mais tendo em vista que o réu, enquanto presidente da ALE-RR, não vem cumprindo as regras de transparência pública, de modo que sequer é possível um controle social das despesas do Legislativo roraimense por meio do acompanhamento do Portal da Transparência”.


O ação do órgão ministerial diz ainda que“enquanto permanecer no cargo de Presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, o réu Jalser Renier Padilha, pode se valer da autoridade do cargo para influir no trâmite do feito por meio de intimidação institucional com ameaças de retaliações, em razão do fato de as proposições legislativas oriundas dos Poderes Constituídos serem necessariamente submetidas à aprovação/apreciação da Casa Legislativa”.


Foto: site da Assembleia Legislativa

 
Autor/Fonte: Blog do Luiz Valério
Link Referência: https://luizvalerio.blog/2019/09/13/ministerio-publico-volta-a-pedir-afastamento-de-jalser-da-presidencia-da-assembleia-legislativa/
e-mail autor: contato@guiaroraima.com
 
Voltar
COMPARTILHE PARA TODOS

emissora de rádio | lojas | advogado | noticias | universidade | serviços públicos | advocacia | restaurantes | bolos | liga | verbo | consorcio | emissoras | cabeleireiros | emissoras de rádio | aluguel | | emprego | sofás | escritorio | sala | alimentação | esporte | guia roraima | liga roraimense de combate ao câncer | shopping | informática | locais | sg | guia | ateliê | ateli | serviços | verbo digital | sg sistemas | emissora | advogados | segurança |

DESTAQUES
anuncie
 
hap
 
Apoio
instagram
 
franquia
 
face
 
CUPOM DESCONTO
GUIA SHOP ONLINE
AVALIAÇÕES
BAIXAR APP
mais cidades online

Angra dos Reis-RJ | Apucarana-PR | Aracaju-SE | Arujá-SP | Barra do Bugres-MT | Batatais-SP | Bebedouro-SP | BOA VISTA-RR | Cajamar-SP | CAMPO GRANDE-MS | Campos Jordão-SP | Cerejeiras-RO | CURITIBA-PR | Duque de Caxias-RJ | Florianopólis-SC | Formiga-MG | Goianinha-RN | Guariba-SP | Ilha Comprida-SP | Itabirito-MG | Itapeva-SP | Jaboticabal-SP | Lauro de Freitas-BA | Londrina-PR | MACAPÁ-AP | Matão-SP | Mirassol-SP | Monte Alto-SP | Nova Lima-MG | Peruíbe-SP | Piracicaba-SP | Pirassununga-SP | Posse-GO | Praia Grande-SP | Ribeirão Preto-SP | Rio Claro-SP | Rio de Janeiro (Tijuca)-RJ | SALVADOR-BA | Santa Maria-RS | São Bernardo Campo-SP | São Borja-RS | São Gabriel-RS | São João Paraíso-MG | São Paulo (Itaquera)-SP | São Paulo (Penha)-SP | São Pedro-SP | Serra-ES | Sertãozinho-SP | Sete Lagoas-MG | Sobral-CE | Sorocaba-SP | Sumaré-SP | Tangará da Serra-MT | Tupã-SP | Uruguaiana-RS | Vale do Ribeira-SP | Varginha-MG | Vila Velha-ES | Vilhena-RO | Votuporanga-SP |

GUIA CIDADE ONLINE - FRANQUIA UNIDADE: Boa Vista-RR
COPYRIGHT© 2006 - GUIA CIDADE ONLINE - WWW.GUIACIDADEONLINE.COM.BR - ALL RIGHTS RESERVED
 DEVELOPED BY GWS ONLINE - WWW.GWSONLINE.COM.BR